Essencial Baby | WhatsApp

Como escolher uma parteira para o seu parto domiciliar

Por: Shirley Fernandes

Como escolher uma parteira para o seu parto domiciliar

O parto domiciliar é uma opção cada vez mais popular entre as mulheres que desejam um parto mais natural e respeitoso com o corpo e o processo de gestação. E para garantir que tudo ocorra da melhor maneira possível, é importante escolher uma parteira profissional de confiança para acompanhar todo o processo.

Mas afinal, como escolher a parteira ideal para o seu parto domiciliar? Aqui vão algumas dicas:

Pesquise sobre as opções disponíveis na sua região: É importante começar a busca pesquisando sobre as parteiras que atuam na sua cidade ou região, até porque nunca se sabe exatamente a hora certinha que o bebê virá e, nesse caso, o ideal é ter alguém de localização acessível para a tão esperada hora. Procure sempre por recomendações de amigos, familiares ou grupos de apoio à gestação e parto.

Verifique a formação e experiência da parteira: Certifique-se de que a parteira escolhida tenha formação e certificação adequadas, além de experiência prévia em partos domiciliares. Enfermeiras obstetras (especializadas em Enfermaria Obstétrica e Ginecológica) e obstetrizes estão aptas e mais do que preparadas para realizar parto domiciliar na função de parteira, tendo como grande diferencial o conhecimento técnico e teórico imprescindíveis para acompanhar e atender o trabalho de parto, o parto em si, o pós-parto bem como as emergências obstétricas e neonatal.

Converse com a parteira: É essencial que você tenha um bom diálogo e sinta confiança na parteira escolhida. Agende uma consulta para conversar sobre suas expectativas, dúvidas e preocupações em relação ao parto. Saiba mais sobre o trabalho da parteira/ enfermeira obstetra nas redes sociais, em seu site e veja como ela é avaliada no meio digital.

Conheça a equipe de apoio da parteira: Opte sempre por quem atua em equipe, isso é muito mais seguro. Na Essencial Baby, por exemplo, tanto o trabalho de parto, parto e pós-parto contam com a participação de três parteiras justamente pensando na segurança da mãe e do bebê em caso de qualquer intercorrência. Vale destacar que o papel da doula no acompanhamento do trabalho de parto e parto são fundamentais, pois a doula irá oferecer suporte emocional e encorajamento para a mulher durante todo o processo. Na Essencial Baby contamos com uma equipe de doulas parceiras.

Verifique os planos de emergência: Embora o parto domiciliar seja seguro, é sempre importante estar preparado para imprevistos. Certifique-se de que a parteira escolhida tenha planos de emergência bem definidos e saiba como agir caso seja necessário transferir a gestante para um hospital.

Lembre-se de que escolher a parteira certa para o seu parto domiciliar é fundamental para garantir um processo seguro e tranquilo. Não hesite em fazer todas as perguntas necessárias e procurar por profissionais que respeitem suas escolhas e necessidades.

Existem diversas parteiras capacitadas e experientes no Brasil, e uma delas é Shirley Fernandes, gestora e idealizadora da Essencial Baby. Shirley é enfermeira obstetra, parteira urbana e consultora internacional em lactação pelo IBLCE.

Com mais de 10 anos de experiência em partos domiciliares, Shirley é uma profissional dedicada e comprometida a oferecer um atendimento humanizado e personalizado para suas pacientes. “Acredito no potencial de gestar, parir e maternar. A gestação e o parto são momentos únicos e especiais na vida de uma mulher e o meu objetivo é apoiar as famílias a atingir suas metas e assegurar um parto respeitoso a todas as mães”.

Se você é gestante e está em busca de uma parteira experiente e comprometida para o seu parto domiciliar, vale a pena conhecer o trabalho da enfermeira Shirley Fernandes e da equipe Essencial Baby. Fale agora mesmo e tire todas as suas dúvidas.

Você também pode gostar:

O que é o parto humanizado?

O que é laserterapia (laser)?

Episiotomia: violência obstétrica

Laserterapia para cicatrização de fissuras mamárias

Como cuidar do cordão umbilical do recém-nascido?

Como higienizar o recém-nascido nos primeiros dias?